OP de Hortícolas

 

AlenSado é reconhecida como organização de produtores de produtos hortícolas para transformação desde 1997.

No primeiro ano -1997 - iniciou a actividade com 39 agricultores e com a produção de 185 hectares de tomate para industria, os quais produziram 8.130.310 Kg, correspondendo a 44 toneladas por ha. Em 1997 apenas em 25% da área foram utilizadas plantas selecionadas produzidas em viveiro certificado. Apenas 40% da área cultivada foi regada com sistema gota a gota. Apenas 5% da produção foi colhida por máquinas especializadas. O transporte para as indústrias efectuava-se com viaturas de pequena tonelagem e não estava organizada.

Hoje toda a área de tomate produzida pelos Associados da AlenSado obedece a um plano de produção rigorosamente concebido, planeado e acompanhado pelos técnicos da cooperativa.

A escolha das variedades, da época de plantação e o seu escalonamento, os produtos agroquimicos utilizados, e todos os fatores de produção, ou são fornecidos, ou são aconselhados pela AlenSado, sendo feito um acompanhamento e um controle produtivo permanente, por forma a que seja obtida, por parte de cada Associado, uma produção de qualidade, em quantidade, de acordo com as exigências da industria e com pleno respeito pelas regras ambientais. Hoje esta cultura está plenamente mecanizada, desde a plantação, até à colheita e ao sistema de transportes para as unidades de transformação.


A OP de Hortícolas assenta num rigoroso PLANEAMENTO anual que passa por:
• Negociação com as Industrias
• Consulta e Inscrição dos Associados/intenção de produção
• Contratos com industria/Associados
• Elaboração de plano de produção geral e individual
• Negociação com fornecedores de factores de produção
• Processo administrativo/contratos/RPU/parcelario
• Produção de plantas (100% das necessidades)
• Controlo de campo/parcelas (GPS)
• Análises de solo e de água
• Entrega dos esquemas de tratamentos e fertilização
• Elaboração de seguro colectivo
• Plantação
• Instalação do SARA(Serviço de apoio à rega da Alensado)
• Acompanhamento técnico permanente (AlenSado/empresas parceiras)
• Controlo de doenças e Pragas 
• Planeamento e escalonamento das colheitas, em articulação com a Industria 
• Colheita mecanizada
• Organização do transporte em coordenação com a industria
• Recolha de resíduos (fitas de rega, embalagens de fitofarmacos, esferovite) 

 

PROGRAMAS OPERACIONAIS (2) 2004/2008 e 2009/2013

OBJETIVOS:

1 - Criar uma estrutura forte e com credibilidade na região

2 - Dotar a nossa OP de autonomia financeira após o término do Programa.

3 - Manter um elevado nível de qualidade da produção dos nossos associados.

4 - Criar condições suplementares ao rendimento dos nossos associados com outras culturas

5 - Reduzir os custos de produção e regularizar os preços de produção

6 - Promoção de praticas de produção e técnicas respeitadoras do ambiente 

HOJE PODEMOS AFIRMAR QUE TODOS ESTES OBJETIVOS FORAM ATINGIDOS